UM ANO EM CHAMPANHE

Postado dia 22 de julho de 2016, em Pitadas Gastronômicas

 

FRANCE - JULY 02: Chardonnay vines at the village of Chamery in the Champagne-Ardenne region of France (Photo by Tim Graham/Getty Images)

           Um ano em Champanhe é um documentário da Netflix de 2014, o filme acompanha por um ano toda a produção de vinhos da região francesa, mostrando desde o ciclo das vinhas até os desafios e tradições de algumas famosas Casas. A Maison Bollinger uma das mais famosas possui uma propaganda incapaz de ser comprada eles expõem certificados de que são a bebida preferida da família real inglesa a 125 anos, a Maison na sua linha vintage, mantém a tradição com a produção de vinhos em barris de até 100 anos. O champanhe entendeu muito rápido a ideia  de associar o seu produto a um estado de espírito, uma festa, comemoração ou refeição memorável e isso é marketing de alta qualidade.

English jockey Josh Gifford pours champagne into his trophy after being awarded Bollinger Challenge Trophy at the Savoy Hotel, London, 17th December 1968. Holding the silver tankard is Lily Bollinger head of the Bollinger champagne house. Gifford won the trophy for the most wins of the year. (Photo by Keystone/Hulton Archive/Getty Images)

           Algumas Casas produzem champanhe há mais de 250 anos e o processo produtivo já foi um segredo misterioso e bem guardado. Hoje os segredos são claros e o objetivo da regulamentação da área é o controle de vinhas que produzem uva de qualidade. Champanhe é uma região na qual o clima está no limite para o crescimento da vinha, pois não há tanta luz do sol como no sul da França. Assim, existem técnicas de produção adaptadas ao clima. O filme mostra a família dos produtores e de como a tradição e os negócios são repassados através das gerações.

(GERMANY OUT) champagne, pop the corks (Photo by Wodicka/ullstein bild via Getty Images)

           Os produtores compreendem que o champanhe é uma mistura onde há um contrato com o cliente que diz que o produto terá a mesma qualidade da marca e o gosto do vinho precisa ser mais importante que o açúcar do produto. Uma consistência no gosto só se constrói a cada ano, levando em consideração elementos como a safra do ano de produção. O produtores entrevistados contribuem para disseminar a mítica em torno da bebida dizendo que o champanhe é um grande afrodisíaco, capaz de tornar as mulheres mais belas e os homens mais divertidos. Uma coisa é consenso, o champanhe é uma bebida ligada a sedução. Logo que a rolha estoura a magia surge, e não há mais nada a dizer. Salut!

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 22 de julho de 2016, em Pitadas Gastronômicas

COMO ÁGUA PARA CHOCOLATE E O VALOR DA COMIDA

 

        Como Água para Chocolate é um filme mexicano de 1992 com roteiro de Laura Esquivel baseado no livro homônimo da mes[...]

LEIA MAIS
Postado dia 22 de julho de 2016, em Pitadas Gastronômicas

ALEX ATALA NO NETFLIX

    No segundo episódio da segunda temporada de Chef’s Table série documental da Netflix, Alex Atala fala do principal ingrediente em s[...]

LEIA MAIS
Postado dia 22 de julho de 2016, em Pitadas Gastronômicas

COZINHA É ARTE?

    Esse último fim de semana voltaram as minhas aulas do curso de gastronomia, posso dizer que essa foi efetivamente a aula mais prática que tive até agora. Aprender a identifi[...]

LEIA MAIS
Postado dia 22 de julho de 2016, em Pitadas Gastronômicas

SOBRE A GASTRONOMIA

     Estou indo para o segundo período do meu curso de Gastronomia, desde que vesti a dólmã vi que minha responsabilidade e interesse pelo assunto só aumentou. Ainda nã[...]

LEIA MAIS