Pitadas Gastronômicas

PIZZA: SUCESSO, SIMPLICIDADE E VERSATILIDADE

Uma das minhas inquietações gastronômicas era não ter tentado fazer pizza, nesse dias de ócio criativo, em que chamo minha cozinha de experimental, testei, fiz e deu certo. Dai pensei como um disco plano de massa assado no forno, coberto por molho de tomate, queijo e outros ingredientes se tornou o alimento fundamental do fast food que conhecemos e amamos. Assim como outros pratos de sucesso sua simplicidade e versatilidade são o segredo.


Devemos o surgimento da pizza provavelmente aos antigos gregos que gostavam de pães chatos cobertos com azeite e aos romanos que adicionaram uma generosa camada de queijo, mel e folhas de louro. Porém a verdadeira magia culinária aconteceu na Itália na cidade de Nápoles, por volta da segunda metade do século XIX. Uma pizza napolitana contém tomate e mozarela sobre uma massa crocante.


Uma receita simples requer bons ingredientes e o segredo do sucesso é o tomate San Marzano. O tomate San Marzano cresce nas planícies onde há uma rara combinação de nutrientes que só uma terra que treme por causa de um vulcão pode oferecer. É doce e tem uma polpa macia e sem sementes. É essencial em 90% dos pratos italianos.


Em 1889, por ocasião da visita da rainha Marguerita a Nápoles foi solicitado ao pizzaiollo de renome Raffaele Esposito para criar uma pizza em homenagem a rainha. Ele criou uma com queijo e manjericão que a rainha logo se apaixonou. A Marguerita passou a ser o padrão de comparação de todas as outras pizzas. Os italianos viram a pizza se espalhar pelo mundo ganhando tantas coberturas que a lei determina que uma autêntica pizza Marguerita leva tomate San Manzano.

Comentários