Pitadas Gastronômicas

MASSA À NORMA

            Adoro comida italiana digo sem sombra de dúvidas que é a minha preferência no mundo da gastronomia. Algumas vezes a mera lembrança de um lugar fazem surgir odores atraentes e experiências apetitosas. A Sicília é um exemplo disso. Ela tem um orgulho intenso e dá a seu povo uma noção total de lugar, para não falar da cultura culinária que é exclusiva da ilha. Os pratos podem ser tanto rústicos como muito refinados. A Massa à Norma é um exemplo disso, não foi criada por nenhum grande chefe de cozinha, mas nas casas do povo, no dia a dia. Não é complicada, apresenta poucos ingredientes, mas sempre tem que ter berinjela e a melhor ricota que você puder encontrar. É a combinação de berinjela carnuda e o melhor queijo cremoso que faz esse prato tão bom. Ela irradia o sol do Mediterrâneo que vem do prato. 


            Gosto da história do prato porque está ligado a uma ópera em que estão relacionados amor proibido, infanticídio, desgosto e traição. A trágica heroína passa por todo tipo de emoções enquanto luta enquanto luta para conciliar o seu abandono com o amor que tinha por seus filhos. Norma é considerada como uma das grandes personagens da ópera. O parto foi batizado de Norma em homenagem à grande criação da música já que este seria tão bom quanto ela. A Massa à Norma é um desses pratos que quando você for preparar ficará claro que os ingredientes não mudarão a mais de cem anos, no entanto, precisam ser de qualidade. Insista na ricota salgada, no tomate maduro, na berinjela carnuda e na melhor massa que possa encontrar. Bon Appétit!

Comentários

1 Comment

Comments are closed.