O TENETISMO NUMA NARRATIVA ELETRIZANTE

Postado dia 23 de maio de 2017, em Natureza e Sociedade

      Tenentes (2016) é um livro do jornalista Pedro Dória que se valeu de um acontecimento meio obscuro na história do Brasil (O Tenentismo) para escrever um texto eletrizante que pode ser lido como uma aventura. São personagens que durante muito tempo fizeram parte do cenário político brasileiro como: Luís Carlos Prestes, Juarez […]

LEIA MAIS

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 09 de maio de 2017, em Na Estante

UMA GARÇA NO ASFALTO DE CLAUDER ARCANJO

  O mundo dos livros tem seus mistérios e um dos que mais gosto é encontrar pessoas que compreendam o meu amor pelas letras, isso não tem preço. Numa manhã de sábado fui apresentada por um amigo comum ao escritor e editor Clauder Arcanjo, que era praticamente meu vizinho, mas desconhecido por força da vida […]

LEIA MAIS
Postado dia 06 de maio de 2017, em Na Estante

DESCOBRINDO O MUNDO COM CLARICE LISPECTOR

       Clarice Lispector é um mistério para todos os que se aventuram a entrar em seu mundo. Li “Todos os Cantos”, volume com as 85 histórias breves que ela escreveu, lançado também nos Estados Unidos. Entrar em seu mundo é doído e me deixou dias em profundas reflexões. O livro traz luz a […]

LEIA MAIS
Postado dia 07 de abril de 2017, em No Gramofone

RITA LEE UMA AUTOBIOGRAFIA

Sou uma leitora assídua de biografias e fã da Rita Lee, ler seu texto foi daqueles livros que se faz quase sem respirar. Parece que ler a história da vida de músico tem um tom especial. Rita Lee é uma artista que não precisa de muitas apresentações, maior roqueira brasileira, autêntica e irreverente, escreveu sua […]

LEIA MAIS
Postado dia 03 de abril de 2017, em Natureza e Sociedade

VIVEMOS NUM MUNDO LÍQUIDO

No início desse ano morreu Zigmund Bauman, filósofo polonês que definiu o nosso mundo contemporâneo como sendo “líquido”, mas o que formaria esse conceito e esses novos tempos? Seria um mundo sem forma, um mundo indeciso. Vivemos num mundo em que os experimentos são marcados por fotografias, publicações e número de curtidas das redes sociais. […]

LEIA MAIS
« Página anteriorPróxima página »