No Gramofone

ESTÁ TOCANDO NA MINHA PLAYLIST

       Nat King Cole- nunca vi ninguém com tamanha classe. A imagem que tenho dele é vestido de branco ao piano cantando de forma maravilhosa. Sua voz é de veludo, além de ter uma sofisticação instrumental muito bem fundamentada. Sua interpretação de um antigo disco de boleros em espanhol é belíssima, até o sotaque carregado é charmoso. Se eu fosse artista queria ter muito de sua espontaneidade e talento.

Skagerak Arena June 2009

        Elton Jonh- toca piano como ninguém, acredito que até melhor do que canta. Só ele consegue interpretar aquele tipo de canção pop. A qualidade de suas canções é mantida pela sua voz. Não ligo muito aos que o acusam de ser brega, pois seu senso melódico compensa qualquer rótulo reducionista, seu brilho não foi apagado nem pela questão comercial da Lady Di, nem pelos escândalos sociais.

nina

        Nina Simone- ela sempre quis tocar música erudita, só que o conservatório da cidade onde morava a recusou, por preconceito racial. Uma mulher negra, com uma voz magnética, mas uma pessoa infeliz. Vítima de violência doméstica, com problemas com o fisco chegando a ter os cachês confiscados para pagar impostos. Mas quando cantava e tocava piano se transformava numa diva.

Comentários