CESARIA ÉVORA A DOCE VOZ DE CABO VERDE

Postado dia 02 de outubro de 2015, em No Gramofone

 

     Cesaria Évora (1941-2011) é a mais doce voz da minha play list, maior estrela de um gênero musical chamado morna, vindo de Cabo Verde, minúscula ilha da África Subsaariana, intenso como o fado português, verdadeiro como o blues americano, porém dotado de um suingue percussivo típico da frenética música cubana. Chamada de “diva dos pés descalços”, a cantora só alcançou reconhecimento internacional aos 47 anos, depois de décadas de ostracismo e dificuldades pessoais como os dez anos que lutou contra o alcoolismo.

      Sua trajetória foi memorável, ovacionada em shows no Carnegie Hall (Nova York), ganhou um Grammy e medalhas de honra do então do então presidente francês Nicolas Sarkozy. A música Sodade, a sua mais famosa, cantada num dialeto criollo, que mistura francês, português e dialetos africanos, fala de sentimentos profundos e traz uma contagiante e doce melancolia que só as grandes cantoras das melhores músicas são capazes de traduzir, mesmo que não se compreenda o seu dialeto a sua música fala por si.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 02 de outubro de 2015, em No Gramofone

RITA LEE UMA AUTOBIOGRAFIA

Sou uma leitora assídua de biografias e fã da Rita Lee, ler seu texto foi daqueles livros que se faz quase sem respirar. Parece que ler a história da vida de músico tem um to[...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de outubro de 2015, em No Gramofone

ESTÁ TOCANDO NA MINHA PLAYLIST

 

       Nat King Cole- nunca vi ninguém com tamanha classe. A imagem que tenho dele é vestido de branco ao p[...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de outubro de 2015, em No Gramofone

CHEGA DE SAUDADE: A HISTÓRIA E AS HISTÓRIAS DA BOSSA NOVA

 

      A História e as Histórias da Bossa Nova (1990) do jornalista Ruy Castro, é um livro agradável.  Seu rel[...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de outubro de 2015, em No Gramofone

BOWIE NOS LEVA AO FUTURO

 

    Coincidentemente uma[...]

LEIA MAIS