A MÚSICA ELETRIZANTE DE JIMI HENDRIX

Postado dia 30 de janeiro de 2014, em No Gramofone

            Hendrix foi um guitarrista negro canhoto, que criou ao longo da carreira um completo vocabulário de estouros sonoros. James Marshal Hendrix nasceu em 1942 nos Estados Unidos e ganhou sua primeira guitarra aos 12 anos. Em suas primeiras gravações esteve ao lado do bluesmen do sul e das bandas negras do Sul como em B. B. King e Little Richards.


            Sobre essas raízes Hendrix desenvolveu um estilo de alta sonoridade, hipnótico e floreado que atingiu um público fundamentalmente branco. Depois de ouvi-lo numa boate de Nova York, ele foi levado a Inglaterra onde formou o trio Jimi Hendrix. Adoro seus vídeos são eletrizantes Hendrix tocava a guitarra até com os dentes e atrás da cabeça deixando perplexos seus colegas guitarristas e o seu público como um todo.


            Gosto do seu jeito fluido de tocar, com muita improvisação e uma sonoridade singular que buscava muitas vezes o feedback do próprio amplificador, transformando completamente a paisagem sonora do rock. Morreu prematuramente em 1970 numa mistura fatal de drogas e álcool. Deixou uma concepção absolutamente original do blues elétrico e uma imagem que marcou a década de 60 e toda uma geração e ume estilo.

           Morreu prematuramente em 1970 numa mistura fatal de drogas e álcool. Deixou uma concepção absolutamente original do blues elétrico e uma imagem que marcou a década de 60,  toda uma geração e um estilo.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 30 de janeiro de 2014, em No Gramofone

RITA LEE UMA AUTOBIOGRAFIA

Sou uma leitora assídua de biografias e fã da Rita Lee, ler seu texto foi daqueles livros que se faz quase sem respirar. Parece que ler a história da vida de músico tem um to[...]

LEIA MAIS
Postado dia 30 de janeiro de 2014, em No Gramofone

ESTÁ TOCANDO NA MINHA PLAYLIST

 

       Nat King Cole- nunca vi ninguém com tamanha classe. A imagem que tenho dele é vestido de branco ao p[...]

LEIA MAIS
Postado dia 30 de janeiro de 2014, em No Gramofone

CHEGA DE SAUDADE: A HISTÓRIA E AS HISTÓRIAS DA BOSSA NOVA

 

      A História e as Histórias da Bossa Nova (1990) do jornalista Ruy Castro, é um livro agradável.  Seu rel[...]

LEIA MAIS
Postado dia 30 de janeiro de 2014, em No Gramofone

BOWIE NOS LEVA AO FUTURO

 

    Coincidentemente uma[...]

LEIA MAIS