PRONTAS PARA CASAR

Postado dia 29 de julho de 2016, em Natureza e Sociedade

 

Bride sits leaning palms face

    De tempos em tempos é natural que períodos de conservadorismo renasça como na contemporaneidade. Ao longo dos anos foi passado um recado para as meninas que o importante era casar e ter filhos. Ainda que muita coisa tenha mudado da geração da minha mãe até hoje a condição feminina segue lutando para se livrar dos resíduos de séculos de patriarcado e dominação.

Woman covered in vines holding apple

     Politicamente somos moldadas para casar, e essa mensagem chega através das mais diversas formas: nas bonecas que nos olham com seus aspectos petrificados, nos filmes românticos e nas diversas narrativas tão comuns a nossa cultura. Não basta ser bem sucedida profissionalmente, o senso comum compreende que a mulher precisa ter alguém. A mulher que casa no final e mantem uma casa com filhos e afazeres é o modelo do adulto que deu certo socialmente.

Lady with multiple colored dyed hair, eyes closed

     O patriarcado está presente em nossas vidas mas do que qualquer coisa que possamos imaginar. Somos educadas para pensar que não emagrecemos porque os esforços não foram suficientes, mesmo vivendo num mundo em que o açucar faz parte da indústria alimentícia. Existe também a mensagem para seguir casada. Seguimos a vida domesticadas, oprimidas, doutrinadas, magras e obedientes. Precisamos encarar o debate político e lutar contra a armadilha da dominação compreendendo que somos todos nós parte da mesma existência que a natureza nos dotou.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 29 de julho de 2016, em Natureza e Sociedade

EMANUEL MACRON NOS BASTIDORES DA VITÓRIA

Vi, mas uma excelente produção da Netflix, Macron nos bastidores da Vitória (2017) que segue a trajet[...]

LEIA MAIS
Postado dia 29 de julho de 2016, em Natureza e Sociedade

O TENETISMO NUMA NARRATIVA ELETRIZANTE

 

    Tenentes (2016) é um livro do jornalista Pedro Dória que se valeu de um acontecimento meio obscuro na história do Brasil (O Tenentismo) para escrever um texto e[...]

LEIA MAIS
Postado dia 29 de julho de 2016, em Natureza e Sociedade

VIVEMOS NUM MUNDO LÍQUIDO

No início desse ano morreu Zigmund Bauman, filósofo polonês que definiu o nosso mundo contemporâneo como sendo “líquido”, mas o que formaria esse conceito e esses n[...]

LEIA MAIS
Postado dia 29 de julho de 2016, em Natureza e Sociedade

AFINAL DE CONTAS O QUE É FEMINISMO?

 

    A história das mulheres é uma história de esquecimentos, já que o mundo sempre foi explicado pelos homens. O feminismo nos [...]

LEIA MAIS