Natureza e Sociedade

COMO CONVERSAR COM UM FASCITA?

         Marcia Tiburi é uma das maiores filósofas do nosso tempo, figura conhecida da internet e TV é capaz de falar sobre os mais diversos assuntos de comunicação à drogas, de política a literatura. Seu livro Como Conversar com um Fascista (2015). O livro é necessário e atual em tempos de discussões políticas acirradas, mas não é um manual com respostas prontas, até porque quem tem respostas prontas são os fascistas com suas verdades irrefutáveis e absolutas.

         Fascista é aquela pessoa que cria um círculo vicioso e saí por aí mostrando a todos suas verdades, o que em grande parte são apenas repetições de ideias dessa mesma natureza amplamente viciadas, sem reflexão, análise pormenorizada ou maiores reflexões. O que se percebe é arrogância, vaidade, preconceito e muita dificuldade em ouvir o outo. Essa visão é construída no livro através de temas presentes na sociedade como: aborto, política, estupro, democracia, preconceitos de cunho sexual, étnico, racial, religioso.

White-tailed eagle

         Ao que parece o que está na base do pensamento fascista é o senso comum, com leituras rasas, acríticas, sem chance para o dialógo, baseadas no achismo e fortalecidas pela possibilidades dadas pela internet e pelas redes sociais. Essa postura fortalece os discursos de ódio e as discussões meramente retóricas, que seduzem os ingênuos que não se dão conta disso. Livro que amplia o pensamento crítico reflexivo e que mostra sobretudo que o dialogo é a maior saída em todos os debates.

Comentários