Na Estante

SOBRE LITERATURA E IMAGINAÇÃO

O que seria da literatura sem a imaginação, um nada apenas. A imaginação evoca e atribui sentido ao real, reproduzindo-o e representando-o. Mas uma coisa é certa se a literatura estivesse  apenas ligada ao mundo real ela seria um mero documento histórico, se fosse apenas um produto da imaginação do autor seria inteligível para as demais pessoas. A imaginação é uma propriedade humana de representação de imagens, é capaz de trazer objetos que já foram percebidos ou não, de criar novas concepções e ligações imagéticas. A imaginação segue uma via dupla, que considero como o grande fascínio da literatura, que é a recriação proposta pelo autor de acordo com a imagem do leitor, é a relação entre a obra e o público.


   A literatura é capaz de levar o leitor a viver experiências e pode provocar: diversão, tristeza, repúdio, entre outras sensações, mas pode também evocar imagens mentais proporcionando novos arranjos e recriações internas, daí vem o grande fascínio que a literatura exerce sobre a humanidade, pelas combinações possíveis na linguagem, e também pelos silêncios entremeados entre palavras.

Comentários