Misturas Filosoficas

SOBRE A QUALIDADE DOS NOSSOS PENSAMENTOS

      Pensar é o ato que nos torna humanos, por vivermos em sociedade, somos influenciados por uma série de fatores, Edgard Morin filósofo francês vê o homem como um ser formado por aspectos biológicos, culturais, psíquicos, sociológicos e espirituais. Assim, os nossos pensamentos são influenciados por essa multiplicidade de elementos Os estudiosos da saúde, principalmente das terapias alternativas, aquelas que estão  fora da medicina ocidental tradicional, acreditam que a qualidade dos nossos pensamentos, ou seja, o grau de positividade com que encaramos o cotidiano contribui para o nosso bem está físico e mental. O contrário seria prejudicial a nossa saúde.


            Aristóteles entendia que nossos hábitos são criados a partir de nossas iniciativas em ter novas atitudes. Daí decorre os nossos pensamentos, a partir do momento em que tomarmos a iniciativa de pensar de forma positiva, isso se tornará um hábito. Os nossos sentimentos, e o que pensamos, são o norte para o bem e o mal viver. Cultivar bons pensamentos é a chave para o nível de qualidade que queremos ter para a nossa vida, para o nosso dia, para compartilhar com as pessoas que dividem a vida conosco. Acredito que cabe a cada um de nós despertar e desenvolver a capacidade natural para controlar a natureza dos nossos pensamentos e sentimentos, para não permitir que estados negativos, muitas vezes centrados em âncoras imaginárias possam desequilibrar a nossa vida. A chave para uma vida tranquila e consequentemente mais feliz é o olhar que temos dos fatos do nosso dia a dia. 

Comentários