O OCEANO DO CONHECIMENTO

Postado dia 01 de setembro de 2015, em Misturas Filosoficas

 

       Meu melhor momento sempre foi na sala de aula, seja como aluna ou como professora. Depois desse tempo em casa, sem contato com uma sala de aula consegui uma professora de francês e tenho aulas regulares, o mais valioso dessa experiência é o resgate do prazer infantil e inocente de aprender, simplesmente descobrir um novo mundo sem uma finalidade específica. Estudo francês pelo francês. Cada nova palavra, cada nova expressão é uma vitória particular.

      Não tenho vergonha em falar um idioma que não domino, me divirto com meus próprios erros, me torno aprendiz de mim, e da vida, mestre de todos. Algumas pessoas são felizes com o que já sabem, eu não, tenho ânsia em aprender, em descobrir novos mundos e possiblidades. O conhecimento é um oceano sem limites, sem margens, com profundidade imensurável. Luto para que a preguiça não me impeça a grandeza de descobrir algo novo.

      A busca por novos conhecimentos me prende aos instrumentos rudimentares da escrita, lápis e caderno. Desconheço uma técnica melhor para memorização do que anotar aquilo que pretendo aprender. Estudar, ter professor, caderno novo e aprender novas coisas, é uma forma de me manter jovem e ter a doce ilusão utópica que posso ter vinte anos e que é possível sempre recomeçar.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 01 de setembro de 2015, em Misturas Filosoficas

FELICIDADE OU MORTE

 

    O livro Felicidade ou Morte (2016) de Leandro Karnal e Clóvis de Barro Filho é resultado de um seminário gravado entre os dois autores. De linguagem fácil e [...]

LEIA MAIS
Postado dia 01 de setembro de 2015, em Misturas Filosoficas

SOBRE BOM HUMOR

 

     Ontem conversei com uma amiga querida sobre o tempo que deveríamos ficar tristes pelas coisas da vida. Ela me disse que achava até que eu ficava pouco triste,[...]

LEIA MAIS
Postado dia 01 de setembro de 2015, em Misturas Filosoficas

O MEU EU IDEAL

 

         Manter a geladeira sempre arrumada, usar pouco o celular nos fins de semana, ler menos notícia política e mais Cl[...]

LEIA MAIS
Postado dia 01 de setembro de 2015, em Misturas Filosoficas

VOCÊ ESTÁ NO CONTROLE?

 

        Vendo uma dessas séries de TV que falam sobre o universo fica bem claro que o que nos distingue dos outros seres do nosso planeta é a noção do tempo e a[...]

LEIA MAIS