O MISTÉRIO DO TEMPO

Postado dia 19 de maio de 2016, em Misturas Filosoficas

Steam Train

       A coisa mais enigmática que existe é o tempo ele acaba com tudo, desde as árvores, as construções, passando por bichos e humanos, mas o pior é que acaba sobretudo, com os sentimentos. Fico pensando que aquela união entre duas pessoas que teve um fundamento tão apaixonado, simplesmente evaporou-se nada restou. As vezes, me entristeço quando vejo a vida de pessoas muito próximas e o que o tempo é capaz de fazer. Ele acaba com o vigor físico, o interesse em conhecer novas gastronomias ou em viajar, em encontrar um encontrar um amigo ou simplesmente, em dá cor a vida, é o tempo pode ser bem cruel.

Woman lying on sofa with telephone

    Existem aqueles que se salvam do tempo? Acho que os que vivem intensamente os momentos presentes e que não pensam no futuro, mas nem esses conseguem se livrar dos efeitos do tempo, quando se apercebem esses estão aí postos para todos indistintamente. Um fato curioso é que quando se está muito feliz, temos a sensação de que o tempo voa, e quando se está triste que demora uma eternidade.

Girl and boy with cake

   Mas o tempo é também um grande aliado, quando se perde um grande amor, não há nada que ajude só o tempo e este é capaz de tornar aquela dor tão sofrida em apenas uma leve mancha na memória da vida. Considerando esses mistérios do tempo acho que não deveríamos perder um só instante da vida nos aborrecendo, principalmente com coisas banais, ou criando problemas e necessidades que são impossíveis de ser resolvidas. Para que perder tempo provando que se tem razão, mesmo que se tenha. Quando se vê aquele momento que poderia ter sido aproveitado para sorrir, foi usado para se aborrecer, e quando se percebe já passou e quanto a isso, ninguém pode fazer nada.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 19 de maio de 2016, em Misturas Filosoficas

FELICIDADE OU MORTE

 

    O livro Felicidade ou Morte (2016) de Leandro Karnal e Clóvis de Barro Filho é resultado de um seminário gravado entre os dois autores. De linguagem fácil e [...]

LEIA MAIS
Postado dia 19 de maio de 2016, em Misturas Filosoficas

SOBRE BOM HUMOR

 

     Ontem conversei com uma amiga querida sobre o tempo que deveríamos ficar tristes pelas coisas da vida. Ela me disse que achava até que eu ficava pouco triste,[...]

LEIA MAIS
Postado dia 19 de maio de 2016, em Misturas Filosoficas

O MEU EU IDEAL

 

         Manter a geladeira sempre arrumada, usar pouco o celular nos fins de semana, ler menos notícia política e mais Cl[...]

LEIA MAIS
Postado dia 19 de maio de 2016, em Misturas Filosoficas

VOCÊ ESTÁ NO CONTROLE?

 

        Vendo uma dessas séries de TV que falam sobre o universo fica bem claro que o que nos distingue dos outros seres do nosso planeta é a noção do tempo e a[...]

LEIA MAIS