Misturas Filosoficas

O CONFORTO DA LEVEZA

Definitivamente leveza é uma conquista da maturidade. Lembro que quando jovem sofria até as últimas consequências de tudo, e a ansiedade era parceira nas noites de maiores dificuldades. Com o tempo aprendi que a vida é metade daquilo que escolhemos com uma grande dose daquilo que não escolhemos. Costumo ir aos últimos limites nos meus relacionamentos interpessoais, sempre acho que pode haver um jeito, mesmo as compatibilidades já não existindo tenho a esperança que voltem a significar o que já representaram para mim.

         O tempo e a maturidade mostram que na vida é preciso desapegar. Provavelmente não será possível que o casal envelheça companheiro, que passe a madrugada conversando ou que a novidade de uma nova paixão não os arraste da relação que parecia ser eterna. Parece que mais do que nunca é preciso desacreditar em romantismo, o mundo é frenéticos, as relações são líquidas, a inconsistência é a bola da vez.Nem tudo que vivemos foi planejado, temos que aprender a conviver com o surgimento das fatalidades e as imprevisões das urgências emocionais. Tem horas que brigar, ou lutar pela história romântica ideal deixa de fazer sentido e a solução é largar as armas e deixar que a vida com seus imperativos nos conduza. A vida pode ser graciosa e delicada, mas para isso devemos descarregar os pesos, as certezas e as ilusões que nos ensinaram.

Comentários