O CAMINHO DO AUTO CONHECIMENTO

Postado dia 02 de março de 2015, em Misturas Filosoficas

            Ontem numa conversa com amigos queridos surgiu a questão do auto conhecimento, hoje acordei pensando que se trata do caminho para o fortalecimento da razão. Precisamos nos conhecer melhor nos embrenhar na nossa própria natureza se quisermos mudar o nosso comportamento naquilo que não traz os resultados que esperamos. O auto conhecimento vai além do meramente factual, acredito que seja o nosso grau de atenção com todas as nossas ações. Devemos está atentos aos gestos, as posturas mais agressivas, ao controle emocional, o que desperta em nós os sentimentos de raiva e inveja, ódio, implicância, quais as circunstâncias que nos faz felizes, quais os tipos de pessoa que gostamos ou não.

Quando-Regar-As-Plantas-5

            Esse caminho de atenção nos ajuda a formatar uma ideia de quem somos. Nos conhecer abre o caminho da nossa auto aceitação, em compreender que nem sempre fazemos coisas tão nobres que precisamos ter coragem para conhecer nossos pensamentos impuros. Clareza para entender que as vezes não amamos tão intensamente aqueles que deveríamos amar como os parentes mais próximos ou pessoas que nos fizeram o bem.

NOZES SAO PAULO 18.12.2009 OE CADERNO2 Ensaio geral do espetáculo natalino Quebra - Nozes, com o ballet do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Destaque para

            Acredito que devemos lutar por uma consciência mais verdadeira, onde estão as nossas sinceras emoções. Essa busca está longe de ser fácil, porque pressupõe de nós enxergarmos as nossas sombras. Uma coisa é certa o autoconhecimento e o fortalecimento da razão tem por intenção nos tornar pessoas mais próximas daquilo que sonhamos para nós. Esse processo de autoconhecimento só prospera se for desenvolvido num clima de humildade, ou seja, num contexto onde sabemos o tamanho da dificuldade, que é possível as vezes progredirmos e em outras regredirmos, a humildade nos ajuda também, a irmos das proposições mais simples as mais complicadas apontando um caminho para a mudança que será contínua e operada durante toda a nossa vida, mas sem dúvida é o caminho para o equilíbrio porta de entrada da felicidade.

 

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 02 de março de 2015, em Misturas Filosoficas

FELICIDADE OU MORTE

 

    O livro Felicidade ou Morte (2016) de Leandro Karnal e Clóvis de Barro Filho é resultado de um seminário gravado entre os dois autores. De linguagem fácil e [...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de março de 2015, em Misturas Filosoficas

SOBRE BOM HUMOR

 

     Ontem conversei com uma amiga querida sobre o tempo que deveríamos ficar tristes pelas coisas da vida. Ela me disse que achava até que eu ficava pouco triste,[...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de março de 2015, em Misturas Filosoficas

O MEU EU IDEAL

 

         Manter a geladeira sempre arrumada, usar pouco o celular nos fins de semana, ler menos notícia política e mais Cl[...]

LEIA MAIS
Postado dia 02 de março de 2015, em Misturas Filosoficas

VOCÊ ESTÁ NO CONTROLE?

 

        Vendo uma dessas séries de TV que falam sobre o universo fica bem claro que o que nos distingue dos outros seres do nosso planeta é a noção do tempo e a[...]

LEIA MAIS