A Magia do Cinema

RETORNO A ÍTACA

       Retorno a Ítaca (2014) França, é um filme amargo mas bastante inteligente com roteiro do escritor Leonardo Padura, crítico do sistema político cubano. O filme é a estória de cinco amigos (uma oftalmologista, um pintor, um escritor, um operário, um homem de negócios) que se reencontram na casa de um deles discutem o passado, o presente e o futuro. Apresentando a Cuba de hoje sob um ponto de vista generalista. Os amigos de meia idade, repassam suas vidas entre a Havana antiga e a cidade moderna cercada por grandes hotéis.

>

        Os atores são excepcionais, e nos mostram o prazer, entusiasmo e paixão com que se entregam aos seus papéis. Para fazer uma crítica ao filme é preciso optar por uma opção de vida liberal. Porque a maioria das frustrações dos personagens está relacionada as suas limitações de consumo. O operário, um engenheiro que trabalha construindo baterias, é o único que não deseja um estilo de vida americano e ainda acredita que um mundo com oportunidades iguais para todos é possível.

        As questões relacionadas a liberdade são colocadas sob o ponto de vista individual, transcendendo a visão coletiva do sistema cubano. A crítica ao sistema socialista é muito contundente, a frustração dos cinco amigos passa também pela frustração de um sonho libertário, das construções das utopias. Do ponto de vista técnico a fotografia é excelente, os diálogos são bem construídos, mas peca em não analisar o ser humano em sua complexidade histórico social, com uma crítica meio cínica a um sistema, para assegurar outro.

Comentários