DEZ ANOS DO FILME O AVIADOR

Postado dia 18 de junho de 2015, em A Magia do Cinema

 

            Fico impressionada como podemos mudar em dez anos, revi o filme O Aviador (2005) de Martin Scorsese e tenho impressões muito diversas da época do seu lançamento. O filme fala sobre o sujeito mais excêntrico a pisar em Hollywood, o milionário Howard Hughes (1905-1976), que herdou a fortuna que seu pai fez com o petróleo do Texas. Hughes fundou um estúdio, fez dois filmes, namorou Katherina Hepburn e Ava Garden, inventou um sutiã, criou a companhia aérea que acabou com o monopólio da Pan Am e, de quebra, desenhou pelo menos dois aviões e dezenas de brinquedinhos para a CIA.

>

            Hughes era uma pessoa bem reclusa e passou os últimos anos de sua vida sem controle para o seu transtorno obsessivo compulsivo, armazenando a própria urina e se alimentando apenas de leite, laxantes e codeína. Sua excentricidade é bem dosada em O Aviador, Scorsese opta por se concentrar nos anos de sua formação e sua chegada a Hollywood, seu desapego ao dinheiro, o amor pela aviação e pelas mulheres.

            Acho que Leonardo de Caprio convence e definitivamente esse é um dos seus melhores filmes. Embora sua voz fina, sua cara de menino e sua pose de ex rei do mundo do Titanic não me agradem muito. O que gosto no filme é a boa ambientação de época, a realidade com que Scorsese mostra o personagem, procurando se centrar fora do mundo dos tabloides. O resultado é quase metalinguístico, com a exposição dos meandros da relação de Hughes com a indústria do cinema e da aviação mostrando do que o dinheiro é capaz.

Comentários

AÍLA ALMEIDA

Leitora compulsiva, levo a vida a assistir filmes, escrever textos que me acalma e fazer bolos. Queria saber desenhar e costurar. Quero passar um tempo em Paris, pular de para quedas, criar mais um cachorro. Queria se poliglota, estudo inglês, francês e italiano a anos. Ao que tudo indica nasci no século errado.

Postado dia 18 de junho de 2015, em A Magia do Cinema

A UNIVERSALIDADE DA CLIENTELA DE NICE DA SILVEIRA

 

         Ver o filme Nice no coração da loucura (2016) é um alento para a alma e o que existe de mais profundo no humanismo, o campo da saúde mental. Nice [...]

LEIA MAIS
Postado dia 18 de junho de 2015, em A Magia do Cinema

THE CROWN, RESENHA

 

The Crown (2016) produzida pela Netflix foi uma boa surpresa para mim nesses últimos meses do ano. A série se propõe a responder a pergunta: quem é Elisabeth, essa figu[...]

LEIA MAIS
Postado dia 18 de junho de 2015, em A Magia do Cinema

AQUARIUS É UM FILME QUE PRESERVA A MEMÓRIA

     Aquarius (2016) do diretor Kléber Mendonça é antes de tudo um filme sobre a memória sem saudosismo ou qualquer outro tom piegas.[...]

LEIA MAIS
Postado dia 18 de junho de 2015, em A Magia do Cinema

A SEGUNDA TEMPORADA DE NARCOS É MELHOR AINDA

 

         A segunda temporada de “Narcos”, da Netflix com o ator Wagner Moura no papel do traficante Pablo Escobar com dire[...]

LEIA MAIS